Instagram Threads: primeiras impressões sobre o novo concorrente do Twitter

Instagram Threads

O Instagram Threads é a prova de que a Meta (empresa proprietária do Instagram) está a querer aproveitar novas oportunidades de mercado devido à perda de utilizadores por parte do Twitter. A aplicação foi projetada com o intuito de facilitar a partilha de conteúdos instantâneos.

Será o Threads mais uma rede social passageira ou veio para ficar e vai ser mesmo um concorrente direto ao Twitter? O Threads é visto como uma extensão do Instagram e atualmente conta com mais de 100 milhões de utilizadores.

O lançamento desta nova plataforma foi feito numa altura em que o Twitter está a passar por um momento menos bom e nós sabemos que as medidas que foram tomadas por Elon Musk não deixaram os utilizadores satisfeitos, o que poderá ser uma das razões para o sucesso do Threads. 

O Instagram Threads foi lançado no dia 5 de julho de 2023 e em apenas 24 horas  conseguiu atingir a marca dos 10 milhões de utilizadores e em 1 semana atingiu a marca dos 100 milhões de utilizadores. Para termos noção da importância destes números podemos comparar com a primeira semana do lançamento da ferramenta de inteligência-artificial, o ChatGPT que atingiu a marca de 1 milhão de utilizadores. 

Primeiras Impressões 

Interface 

A aplicação tem uma interface muito similar ao Twitter, que consiste em publicar textos, vídeos e imagens em tempo real com a possibilidade de responder, partilhar e gostar do conteúdo 

Registo e exclusão de conta

O processo de registo da plataforma Threads é bastante fácil se já tiver uma conta na plataforma Instagram, isto porque o registo pode ser feito através da app do Instagram e os seus dados são integrados na plataforma Threads com base na informação do seu perfil do Instagram. 

Mas atenção, a política de privacidade suplementar do Threads informa que se quiser excluir a sua conta no Instagram Threads, a sua conta de Instagram também será eliminada. Mas não é assim tão mau, apesar deste contra, existe a possibilidade de desativar a sua conta no Threads, apesar de continuar conectada com a conta de Instagram, ela deixa de estar ativa.

Feed

Ao contrário do Twitter, não é possível ver apenas o conteúdo das pessoas que segue e também será impactado por conteúdo de pessoas que não fazem parte da  lista de perfis que segue. Ao utilizar a aplicação pela primeira vez vai perceber que muito do conteúdo disponibilizado já está presente no Instagram, além disso também vai perceber que o seu feed vai estar cheio de posts populares de outros utilizadores, o que na nossa opinião não é bom. No entanto, um dos funcionários mais bem reputados da empresa Instagram, respondeu ao “Thread” de um utilizador dizendo que adicionar um feed algoritmo está na lista de coisas a fazer no futuro.

Anúncios

Por enquanto ainda não existem. A interface do Threads está cheia de espaços brancos e é visualmente leve. Se está à procura de uma rede social sem anúncios esta poderá ser uma boa oportunidade para usufruir do Instagram Threads sem ser incomodado constantemente com anúncios, o que poderá ser bom para o concorrente do Twitter nos primeiros dias. No entanto, a Meta já informou que está a trabalhar em formatos de anúncios e ferramentas de anúncios que permitem que profissionais e empresas consigam realizar campanhas de marketing digital na plataforma. 

Semelhanças e diferenças

Caraterísticas Twitter Threads
Público-alvo Geral Jovens
Limite de caracteres 280 500
Serviço de verificação Sim Sim
Hashtags Sim Não
Mensagens Diretas Sim Não
Acesso pelo PC Sim Não
Pesquisa Contas, Tweets, Filtros Só pode pesquisar contas
Disponibilidade Mundial Limitado
Limite de Posts Sim Não
Stories Não Sim
Secção de Tendências Sim Não

Como pode observar na tabela acima, ainda são muitas as diferenças que as duas plataformas têm, no entanto isto não impede que a Threads seja concorrente do Twitter, pois o formato de comunicação é muito semelhante ao formato do Twitter e a prova disso é adesão dos internautas a esta nova abordagem e a esta nova aplicação que está disponível no mercado. 

Como é que as marcas podem aproveitar o lançamento desta nova plataforma? 

Benefícios 

Apesar de não existir a possibilidade de realizar anúncios nesta plataforma para conseguir alcançar mais utilizadores, não se esqueça da importância que as redes sociais têm para conseguir divulgar a sua empresa e os seus produtos/serviços.Ao registar a sua marca nesta nova plataforma, existe a  possibilidade da sua empresa utilizar esta aplicação para reforçar a notoriedade de marca ao estar presente numa nova plataforma onde os seus concorrentes não estão.

 Além disso, também pode aproveitar a plataforma para interagir com os seus clientes ao esclarecer dúvidas e recolher feedback dos mesmos. Estas ações permitem que consiga melhorar a relação com o seu público-alvo e permite que os utilizadores se lembrem da sua marca em diferentes ocasiões. 

Taxa de Engagement 

Segundo a experiência realizada por Neil Patel, a plataforma Threads demonstra ter uma taxa de engagement superior à do Twitter. Esta experiência foi feita em micro utilizadores e macro utilizadores de forma a conseguir comparar a % da taxa de engagement em diferentes cenários. Dito isto, a experiência demonstrou que a taxa de engagement é mais alta que a taxa de engagement do Twitter para micro e macro utilizadores

Não há anúncios, mas….

Não existe a possibilidade das marcas ou profissionais fazem anúncios mas existe uma solução para isso… Lembra-se quando dissemos que grande parte das publicações que apareciam no feed dos utilizadores eram posts populares? A sua empresa tem a possibilidade de realizar campanhas publicitárias nesta plataforma através do uso de influencers, isto é uma forma de contornar a falta de formatos de anúncios no Threads.

Ainda é muito cedo para dizermos se o Instagram Threads vai ser um sucesso ou não mas o que é certo é que tem potencial para ser um concorrente do Twitter. O Threads oferece uma experiência personalizada e mais envolvente do que o Twitter e tem potencial para se tornar numa grande plataforma digital.