Quais as diferenças entre o Remarketing e o Retargeting?

Remarketing e Retargeting conheça as diferenças

É necessário conhecer as diferenças entre o Remarketing e o Retargeting para poder aplicar corretamente na sua estratégia de marketing, isto porque, apesar de ambos terem o digital como pano de fundo de atuação, são conceitos diferentes.

O remarketing e o retargeting podem trazer muitos benefícios para um determinado negócio, desde a angariação de clientes e o aumento das taxas de conversão até à melhor perceção de uma determinada marca no digital. Daí saber quais são as diferenças entre o Remarketing e o Retargeting é fulcral para ir ao encontro desses mesmos benefícios. 

No entanto, estas 2 estratégias de marketing são constantemente confundidas, fazendo com que os gestores deixem de aproveitar todo o potencial dos resultados que as mesmas oferecem. Deste modo, planear e executar as estratégias mais adequadas associadas ao marketing digital é algo complicado, pelo que deve ser encarado como um desafio constante. 

O que é o Remarketing? 

O Remarketing tem como principal objetivo voltar a impactar a audiência, dar mais visibilidade à marca, produto ou serviço, tendo como principal objetivo a conversão. Por outras palavras, o Remarketing permite atingir utilizadores que já mostraram interesse nos produtos ou serviços da empresa. Neste caso a marca já possui alguma informação sobre o utilizador, e esta é uma forma destes retornarem ao website para realizarem a compra, que outrora não tinham feito.

Um dos casos mais tradicionais de Remarketing é quando existe o carrinho abandonado nas lojas de e-commerce. Neste caso o utilizador é impactado com um email marketing da marca a convidar a concluir a compra. Em algumas ocasiões, as marcas estrategicamente oferecem aqui algumas vantagens para estes consumidores, como descontos, portes grátis e amostras grátis.

Portanto, a estratégia de Remarketing tem como principais objetivos aumentar a notoriedade e as conversões. Para atingir estes objetivos, a empresa recorre ao email para comunicar e interagir com os potenciais clientes, de modo a que estes efetuem uma compra. 

Vantagens do Remarketing

A estratégia de remarketing faz toda a diferença nas práticas digitais da empresa, podendo ser um forte aliado estratégico para qualquer anunciante que faz publicidade no Google. Assim, destacamos as vantagens de usá-la no seu negócio. 

  • Interação com os clientes

    O relacionamento entre marcas e clientes não deve ser unilateral, por isso é essencial que existam canais de interação entre as marcas e os clientes, de maneira a que as estratégias de fidelização de clientes sejam viáveis.

    O remarketing funciona como um canal que permite essa interação com o cliente e aumenta as chances de retenção, pois, além de impactar novamente o consumidor, ainda faz com que ele se mantenha ativo.

    A interação com os clientes via email marketing faz com que eles voltem ao website, aumentando o tempo de navegação e, em muitos casos, conseguindo a conversão.

  • Perceção da marca

    Quando um consumidor compra um produto de uma marca, mesmo que a sua experiência seja positiva, a construção de um relacionamento dependerá dos esforços da marca, de maneira a tentar manter o contato ativo entre ambos.

    Isto porque, se o cliente numa mais interagir com a empresa, o processo de compra começará do zero, levando a que empresa tenha que fazer novamente os seus esforços para fidelizar esse cliente.  Em contrapartida, se a marca  manter um relacionamento ativo com o cliente usando o email marketing, há mais possibilidades deste procurar quando tiver interesse em algum produto, pois teve uma melhor impressão sobre a marca.

  • Conversão

    Uma estratégia de remarketing pode destacar um carrinho abandonado ou mesmo convidar o consumidor a conhecer uma nova linha de produtos. Deste modo, esta estratégia viabiliza que o utilizador volte ao website e tenha uma nova oportunidade de comprar, aumentando a taxa de conversão. Com o remarketing o cliente é literalmente bombardeado com a exposição do produto e o resultado na maioria das vezes é o retorno à loja para finalizar a compra.

O que é Retargeting?

O Retargeting tem como principal objetivo reativar os utilizadores que já interagiram, de forma digital, anteriormente com a empresa. Esta interação pode acontecer tanto no próprio website da marca, como em ferramentas de pesquisa, websites parceiros e redes sociais.

Um exemplo da estratégia de Retargeting é quando se faz uma pesquisa de informações sobre um produto específico no website da marca. Após isso, é normal o cliente ser impactado com anúncios segmentados nas Redes Sociais e em Banners de websites de terceiros referentes ao mesmo produto pelo qual o mesmo demonstrou interesse. A estratégia permite realizar uma alta segmentação dos anúncios, o que permite aumentar a sua efetividade.

Para se conseguir implementar uma estratégia de retargeting é obrigatório ter instalado no seu website o pixel do Facebook, de forma a monitorizar e rastrear quem entra no seu website. Só assim é que é possível impactar o utilizador que entrou no seu website sem ter efetuado nenhuma ação.

Quais os benefícios de usar a estratégia de retargeting?

Assim como o remarketing, o retargeting também oferece diferentes benefícios que fazem da estratégia uma das mais recomendadas para negócios de diferentes segmentos. Entre eles, podem ser destacados os seguintes.

  • Vendas

    Ao impactar novamente um utilizador que já demonstrou interesse prévio pela marca ou por um produto específico, a empresa tem maiores possibilidades de aumentar as vendas.

    Para que esse objetivo seja alcançado, é essencial uma estratégia bem segmentada, fazendo um anúncio compatível com o interesse previamente demonstrado, além de direcionar o usuário para uma landing page relevante.

  • Custo de Aquisição

    Quando se sabe quem é que entrou no seu website e o que é que foi visualizado pelo mesmo, fica muito mais fácil fazer uma campanha mais relevante. Esse conhecimento usado corretamente reduz o custo de aquisição de clientes (CAC). Em vez de desenvolver uma campanha baseada em palavras-chave ou o perfil do público, o retargeting direciona os anúncios de acordo com o comportamento de compra, aumentando a eficiência da estratégia.

  • Branding

    O branding, que é como os utilizadores percebem a marca, é um dos fatores de construção de relacionamento beneficiados por uma estratégia de retargeting. A solução permite que os utilizadores vejam que a sua marca tem presença ativa na internet, melhorando a percepção sobre a imagem que tem.

Qual a diferença entre o Remarketing e o Retargeting? 

Embora as 2 estratégias tenham os mesmos fins, ou seja, de atingir novamente os clientes, de modo a aumentar as  suas possibilidades de conversão, podemos diferenciá-las através do meio utilizado para atingir os utilizadores.

O Remarketing refere-se aos métodos que envolvem o email marketing ao longo das várias fases do funil de vendas e  por ações desempenhadas pelo utilizador no seu website. O Retargeting faz uso de cookies e utiliza meios de comunicação pagos, como os anúncios em redes sociais e no Google para atingir o mesmo fim, ou seja, a conversão. 

Em suma, esperamos que este artigo o tenha esclarecido sobre as diferenças entre o Remarketing e o Retargeting. De modo a que, a partir de agora, consiga tomar as melhores decisões e consiga definir as melhores estratégias para a sua empresa. Caso ainda tenha dúvidas, a Blue Bolt dispõe de profissionais qualificados capazes de o ajudar.