Como criar uma sequência de e-mails de Boas-Vindas para o seu E-commerce?

Sequência de E-Mail Marketing

Sabe quantos e-mails deve mandar na sequência de E-mail Marketing de Boas-Vindas do seu E-commerce? Leia o artigo e descubra como fazer uma sequência de E-mails de Boas-Vindas para o seu E-commerce.

O E-mail Marketing é uma das estratégias de vendas e de marketing mais utilizadas. Segundo uma pesquisa realizada pela Jupiter Communications, sobre dados recolhidos relacionados, com o nascimento do E-mail Marketing constatou-se que é uma “poderosa força de acordo com a opinião de profissionais de marketing e consumidores”.

Desde do surgimento do E-mail Marketing a utilização do mesmo tem sido potenciado, sendo uma ferramenta de alta performance em taxa de cliques e conversão de clientes.

Segundo dados apresentados pela MediaPost, 72% dos consumidores preferem o e-mail como uma forma de interação com as empresas e, atualmente, existem mais de 4 bilhões de contas de e-mails pelo mundo.

Existem alguns erros que pode evitar no E-mail Marketing, veja o artigo publicado pela Blue Bolt e descubra quais.

Existem dois tipos de pessoas no E-mail Marketing:

  1. A pessoa que não vê e apaga instantaneamente os e-mails;
  2. A pessoa que trata o E-mail Marketing da forma como sempre devia ser tratado – como uma conversa informal entre amigos onde, pelo meio, se vendiam algumas coisas.

Dessa forma é necessário perceber o porquê de uma sequência de E-mail de Boas-Vindas.

Porquê enviar uma sequência de E-mail Marketing de Boas-Vindas?

Uma sequência de Boas-Vindas é o agradecer a alguém por essa pessoa de livre e espontânea vontade, ter aceitado trocar dados pessoais consigo.

O E-mail de Boas-Vindas possui diversas vantagens, começando pelo facto de que é um e-mail pelo qual o seu cliente está à espera, por isso, muito provavelmente será aberto por ele. Ele tem como função:

  • Mostrar ao seu cliente que ele é importante para o seu negócio, agradecendo-lhe por ter feito essa primeira ligação com a sua marca/ empresa;
  • Apresentar o que a sua marca/empresa tem para oferecer;
  • Guiá-lo para uma primeira ação.

Como criar uma sequência de Boas-Vindas para o seu E-commerce

O Primeiro E-mail

Trata-se de uma primeira ligação com o cliente, logo deve-se tratar de uma celebração.

Não se trata de um negócio, mas de um factor muito importante, a troca de contactos. Isto indica que existe um interesse, e assim o cliente deu o passo à frente.

O primeiro e-mail da sequência deve ser um agradecimento e o início de um comprometimento. Quando estiver a escrever este e-mail, imagine que está a agradecer um presente.

Para atrair e cativar deve identificar algo que cative a ler o próximo e-mail, algo como: “durante os próximos 5 dias vamos enviar-lhe um email por dia para lhe mostrar quem somos e qual a história por detrás destas t-shirts”;

Não se deve começar com expressões como “Exmo. Sr. Dr.” nem nada do género. Comece de forma informal, fale como se de um novo amigo se tratasse.

O primeiro e-mail deve conter linguagem casual e breve, mas não termine sem um seguimento, sem deixar uma necessidade de ver o próximo e-mail; algo como “ no próximo email vou contar-te uma historia”. Dessa forma deixa a pessoa e possível cliente com interesse, ficando assim mais atento à marca/empresa.

Email Marketing

O Segundo E-mail

Depois de uma parte introdutória, onde se deu o primeiro contacto, e se pretende uma longa caminhada, o segundo e-mail trata-se do seguimento da história que prometeu.

Este segundo e-mail deve introduzir o “Porquê”.

Ninguém começa uma empresa sem uma razão, por exemplo, o Steve Jobs fundou a Apple porque considerava uma injustiça que os computadores só estivessem à disposição de quem entendia linhas de código. Este foi o “porquê” dele criar a sua empresa.

Qual é o da sua empresa? Porque lançou este E-commerce?

Deve contar essa história às pessoas, regra geral, são histórias que têm o seu lado de partilha muito interessante e pessoal.

As pessoas gostam de ler histórias, por isso deve utilizar essa mesma para lançamento da marca/empresa e torná-la uma vantagem. Utilizar o conhecido ‘’storytelling’’ para cativar as pessoas e sentirem-se parte da sua história, vai potenciar a probabilidade de se tornarem seus clientes.

Quando estiver perto de terminar a história, deve deixar uma forma de a pessoa querer ler mais, deixando assim uma curiosidade para o terceiro E-mail.

Duas sugestões para o fazer:
  • Fazer uma pergunta: “Será que conseguimos?”
  • Fazer uma afirmação: “No dia X recebemos a mensagem. Mas não era nada do que estávamos à espera.”

O Terceiro E-mail

Até agora ainda não realizou uma única ação de venda. Reparou? Dois e-mails sem nenhuma vez dizer “compra”.

Desta forma, é no terceiro E-mail que deve começar com a parte da venda, mas sem exageros, subtilmente.

Este e-mail vai de encontro ao anterior, dando continuidade à história, devendo dar resposta à pergunta ou ir de encontro à afirmação deixada anteriormente.

A história deve ser continuada, mas desta vez de um produto. Neste momento deve escolher o seu melhor produto e contar a sua história e o seu porquê. Desde da ideia, da forma que se faz e do que correu bem e menos bem.

Assim sendo, nesta fase, tem que pensar, o que representa este terceiro e-mail?

Neste terceiro E-mail deve-se ir ao encontro com a potencial venda sem se dizer a palavra “compra”, contando a história do produto e deixando links para a página de venda do produto. Com isto, a pessoa pode encontrar o produto, e se quiser comprar.

Aqui está a diferença, não começar a vender no segundo ou terceiro e-mail de forma direta, geralmente com um link direto. Com uma sequência de Boas-Vindas, a pessoa sente-se dentro da sua história, para que a mesma crie um elo com o produto e a marca/empresa.

O Quarto E-mail

No e-mail anterior introduziu-se um pouco o termo de vendas, mas não o deve forçar novamente. Assim sendo, um ponto importante a introduzir deve passar por alguma curiosidade sobre a sua loja, como pequenas notas que poderão identificar a pessoa com a sua loja, de forma a ser familiar e que as pessoas tenham bons sentimentos.

Por exemplo, na compra de um produto ganha x pontos, esses pontos podem ser utilizados nas compras seguintes. O termo pontos pode ser nomeado de forma diferente, uma palavra relacionada com o seu negócio, tornando-se mais familiar e distanciada da técnica dos descontos e dos pontos muitas vezes utilizados.

No seguimento da história da sua loja, vai indiretamente usar a técnica de “vendas”, explicar as vantagens de comprar na sua loja de maneira próxima e familiar. Esta história ajuda a criar ligação com futuros clientes.

Não se vê muitas pessoas a comprar Ferraris pelas especificações técnicas, compram mais pela ligação emocional com a marca, ou pelo sentimento de riqueza, conquista, status, etc.

Coloque este tipo de relacionamento no seu E-commerce também. Muito dificilmente será trocado por um concorrente.

O Último E-mail

Estrategicamente existem empresas que utilizam 6, 7, 8 e-mails na sua sequência de E-mail de Boas-Vindas.

Considera-se 5 um número bom para ser o último e-mail. Desta forma, prepara-se o cliente para os próximos.

Deve agradecer o caminho que percorreram juntos nos últimos dias e por ter tomado em atenção às suas histórias. Pode também pedir feedback sobre as mesmas, dessa forma consegue ter informações e observações para posterior melhoria da sua marca/empresa.

A partir deste momento, deve comunicar ao cliente que os e-mails não serão recorrentes, passarão a ser semanais, quinzenais ou mensais, dependendo da estratégia que pretende para a marca/empresa. Alertá-lo para o facto de já não receber um e-mail todos os dias, e para o facto de os receber com outra consistência.

Desta forma o cliente estará preparado para o futuro. Torna-o especial, e oficializa a relação com uma mensagem introdutória como “ Bem-vindo à Família”, por exemplo.

Técnicas de entregabilidade do e-mail

A sequência de Boas-Vindas está apresentada, de forma a ter mais taxa de abertura, bem como uma aproximação às pessoas.

Dessa forma deixamos algumas técnicas que irão ajudar a aumentar a entregabilidade dos seus e-mails:

  • E-mail sem imagens e limpo;
  • Boas headlines e assuntos de e-mail;
  • Dar tempo às pessoas;
  • Garantir que as tags estão configuradas corretamente;
  • Escolher uma boa plataforma de E-mail marketing.

Caso tenha dificuldades em criar uma Sequência de E-Mail Marketing para o seu negócio. A Blue Bolt tem profissionais qualificados para o ajudar.