A importância da segmentação da audiência

A importância da segmentação da audiência para a sua estratégia de marketing

Agrupar os consumidores consoante certas caraterísticas, preferências ou necessidades faz parte do processo de segmentação da audiência. Assim será possível adaptar a comunicação e a estratégia de marketing a cada grupo de consumidores, de forma a que os mesmos se identifiquem mais com a mensagem.

Segmentar a audiência é um processo que permite conhecer melhor o seu público-alvo e adaptar a sua comunicação a cada grupo de consumidores, o que fará com que os mesmos se identifiquem mais com a marca. A adaptação da comunicação torna-se possível visto que, a segmentação dos consumidores consiste em perceber que caraterísticas e preferências há em comum entre os mesmos e, posteriormente, agrupá-los.

A segmentação da audiência irá, também, trazer benefícios ao desempenho das suas campanhas, uma vez que estas serão estrategicamente pensadas para cada grupo de consumidores e para quais as necessidades que os mesmos têm. Deste modo, a segmentação da audiência deve ser um processo detalhado e pormenorizado, e não deve ser descurado numa estratégia de comunicação da sua empresa.

A importância da segmentação

A segmentação da audiência consiste em agrupar os consumidores consoante certas caraterísticas, preferências, necessidades, interesses e, também, hábitos de consumo. Segmentar a audiência, ou o mercado, é criar segmentos de pessoas que irão responder e reagir de forma parecida a certas estratégias de marketing implementadas pela empresa para esse público.

O objetivo principal da segmentação é, portanto, perceber qual o grupo de pessoas mais propenso a consumir o seu produto ou serviço e como é que essas pessoas são, bem como o seu estilo de consumo. Ao conhecer os seus consumidores, irá conseguir produzir conteúdo personalizado e, também, proporcionar-lhes uma experiência de compra personalizada.

Esta experiência de compra, adaptada a cada grupo de consumidores, vai aumentar o desejo que os potenciais clientes terão de adquirir o seu produto ou serviço. Isto acontece porque a jornada do consumidor tem em conta as necessidades que o público tem no momento.

Relativamente à produção de conteúdo personalizado, esta irá fazer com que seja estabelecida uma melhor relação com os consumidores, uma vez que os mesmos se identificam com o conteúdo. Além disso, faz, também, com que haja um maior número de clientes atraídos pela marca que, de facto, têm interesse em comprar.

Que tipos de segmentação de audiência existem?

Inicialmente, é importante começar por perceber quais os critérios que afetam a decisão de compra de um indivíduo, sendo que os mais comuns são a idade, género, demografia, estilo de vida, profissão e possibilidades económicas. No entanto, estes critérios podem ser agrupados em categorias mais abrangentes, sendo importante conhecer estas categorias para uma análise mais complexa da sua audiência:

  • Segmentação demográfica: é o tipo de segmentação que engloba as caraterísticas sociodemográficas, como o género, idade, profissão e rendimentos económicos.

  • Segmentação geográfica: esta segmentação permite agrupar o público consoante a localização em que se encontram, o que será útil para saber, por exemplo, quais os seus hábitos culturais.

  • Segmentação comportamental: é a segmentação que permite agrupar os consumidores consoante os seus tipos de comportamentos de interação com a marca. Nomeadamente o tempo que passam no website, que ações realizam no mesmo e quais as necessidades que os mesmos procuram satisfazer ao procurar o seu produto ou serviço.

  • Segmentação psicográfica: está relacionada com os atributos emocionais e mentais das pessoas. Esta é a segmentação que irá dividir a audiência consoante os seus valores e atitudes, mas também consoante o seu estilo de vida.

Como fazer a segmentação da audiência? 

Só é possível segmentar a audiência depois de recolher todas as informações supramencionadas sobre a mesma. Esta recolha pode ser efetuada, nomeadamente, através de estudos de mercado, que permitem conhecer aspetos qualitativos e quantitativos da audiência.

É através destes estudos que se consegue perceber qual o público-alvo, definir a persona e compreender quais os concorrentes, sendo importante que seja definido qual o objetivo do estudo. Assim, o estudo de todas estas informações permite delinear estratégias de marketing mais adequadas ao negócio.

Os estudos de mercado podem ser efetuados de diversas maneiras e podem ser de vários tipos, sendo importante escolher qual o mais adequado face ao objetivo em questão. Podem, ser exploratórios, se tiverem como objetivo explorar várias ideias e obter insights sobre vários assuntos. Um outro tipo é o estudo de mercado descritivo que, por sua vez, tem por objetivo testar e validar hipóteses e, por fim, o estudo causal é um outro tipo que tem como objetivo encontrar relações de causa-efeito.

Benefícios da segmentação da audiência

No que diz respeito aos benefícios da segmentação da audiência, o 1º é o facto de permitir a distinção de vários públicos-alvo. Esta distinção irá fazer com que seja possível a criação de conteúdos que despertem o interesse de cada audiência, como mencionado previamente.

Será, portanto, criada uma ligação mais próxima entre os consumidores e a empresa, uma vez que a marca entende e atende às suas necessidades. Também a jornada de compra do consumidor será personalizada, uma vez que a criação de campanhas, por exemplo, será direcionada especificamente para certas caraterísticas e estilos de consumo. Tudo isto irá, certamente, acelerar o processo de compra e potenciar as vendas.

Compreender o que é a segmentação da audiência, bem como a maneira como esta deve ser realizada, certamente, irá potenciar as suas campanhas e, consequentemente, o seu negócio. Tendo em conta as vantagens abordadas previamente, a segmentação da audiência é um processo que não deve ser descurado. Caso tenha dúvidas, a Blue Bolt dispõe de profissionais qualificados capazes de o ajudar